A Casa Da Flor

A Casa Da Flor

Autor: Amélia Zaluar

Editora: Letra E Imagem

SINOPSE

No caminho de São Pedro da Aldeia, ergue-se uma casa. Fica no distrito do Vinhateiro, atual Parque do Estoril, quase na divisa com Cabo Frio. Não é uma edificação comum. Chama a atenção, desde logo, pelo inusitado da forma e do material de que se faz: uma estranha arquitetura erguida de restos fraturados, cacos, pedras, objetos e materiais atirados ao lixo, por imprestáveis, inúteis. E, no entanto, no estranhamento que provoca, desperta mais do que curiosidade. Há nela qualquer coisa que mobiliza a sensibilidade de quem a observe desprovido de preconceitos: logo percebe estar diante de um objeto de arte. Isso talvez aconteça porque o que se vê foi – sobretudo construído com a argamassa do sonho – o sonho de um homem do povo, um homem simples do povo. Do sonho, de cacos, de pedras, ele forjou na terra de sua vivência, o lar de sua morada. Obstinadamente. A simplicidade de sua artesania associou-se à pura sensibilidade e culminou com a concretização de uma obra de arte, arte popular, a sua Casa da Flôr, com o circunflexo de sua alfabetização concretizada na madurez dos seus 36 anos. Construiu-a pouco a pouco, com o fruto do trabalho duro nas salinas, que lhe gretaram e incharam os pés, e levaram-lhe, gradativamente, a visão. Seu nome: Gabriel Joaquim dos Santos.

Para ler um livro você precisa fazer o login ou assinar o serviço LivrOh!.

CONFIRA AQUI NOSSOS LIVROS EM DESTAQUE