Pó de Pirlimpimpim

Pó de Pirlimpimpim

Monteiro Lobato

sinopse

Essa história vem completamente conectada à história anterior, sobre a visita das crianças ao País das Fábulas, levados por Peninha... a história começa com a preocupação de Dona Benta e Tia Nastácia porque estão todos sumidos, até que eles chegam montados em um Burro Falante muito educado, que se torna uma figura célebre no Sítio do Picapau Amarelo. Pedrinho, sem a ajuda de Peninha, organiza uma nova viagem ao País das Fábulas, dessa vez com a avó, para que ela possa viver pelo menos uma dessas aventuras com as crianças. O problema é que ele ainda não sabe usar o pó de Pirlimpimpim. Pedrinho erra a dose do pó de Pirlimpimpim e eles aparecem em um lugar muito diferente do País das Fábulas. Dona Benta fica aflita, dizendo que está velha demais para esse tipo de aventura, e que isso não é vida e que queria estar de volta, segura em seu Sítio e não ter se metido nessa aventura. Nessa aventura um tanto dramática, o Burro Falante é amarrado em uma “árvore” e acaba voando pendurado nas pernas do Pássaro Roca quase morrendo afogado quando cai no mar. Visconde amarrado com a Canstra da Emília na crina do burro acaba se perdendo e é encontrado na beira da praia. Veja como essa história chega ao fim.

começar a ouvir amostra Adicionar a lista de desejos

Ouça também em Espiritualidade