A arte de contar histórias - Parte 3 - Crianças de 4 e 5 anos

A arte de contar histórias - Parte 3 - Crianças de 4 e 5 anos

Maria Teresa Mendonça de Barros

sinopse

Aqui vamos focar os contos para Crianças de 4 e 5 anos. A preocupação com a educação dos filhos sempre esteve presente na sociedade moderna. É comum nos sentirmos despreparados e desinformados diante da tarefa de educar. Só que ainda assim é preciso fornecer princípios éticos e a noção de limites a este pequeno ser em formação, para que ele não se torne excessivamente egocêntrico, com dificuldades em se inserir na malha social. O conto de fadas costuma apresentar os dilemas da vida de forma breve, simplificando as situações, mas mantendo a sua essência, lidando com as diferentes sensações e percepções que convivem dentro de nós. Bem e Mal se misturam, sendo que os dois têm seus próprios pontos de atração e repulsão. O enfrentamento do Mal gera medo, angústia, fascínio e paralisia ao mesmo tempo. A busca do Bem traz simultaneamente dúvidas, medos, ansiedade e contentamento. Esta mistura de sensações não totalmente processadas é que forma o motor energético do amadurecimento. Entretanto, num primeiro momento é importante separar o Bem do Mal, mesmo que isto nos soe com o imaginário, e é isto que os personagens do conto de fadas nos trazem. Inicialmente vamos abordar a escolha da história, falando da adequação por idade e também por finalidade, ou seja, o que se deseja passar em termos de valores. Afinal, a história é sempre um ponto de partida para uma reflexão sobre a própria vida em sociedade. Depois caminharemos por algumas histórias, que estejam ligadas às diversas etapas de crescimento, chegando a histórias que fascinam a todos nós.

assinar agora

Você também pode gostar :)

Os títulos que podem te interessar, de acordo com suas escolhas recentes.