A Cura na Antiga Grécia - Palestra na Escola Paulista de Medicina

A Cura na Antiga Grécia - Palestra na Escola Paulista de Medicina

Viktor D. Salis

sinopse

Gravado numa conferência para médicos e professores na Escola Paulista de Medicina, em out/2007. Viktor mostra com o estamos no s desviando das origens da medicina. Partindo dos conceitos de saúde e doença, vamos ver o que os antigos acreditavam ser a verdadeira arte de viver com saúde. dos primeiros médicos ao incrível centro de cura de Epidauro e depois às escolas de medicina. Vamos navegar pela história das doenças e da cura ao longo dos tempos. Estas tradições ensinam–nos a abordar a doença com o uma conseqüência tanto dos fatores biofísicos com o do próprio modo de vida de cada um. Além disso, no s ensinaram a arte da observação dos sintomas. Mas a verdade é que, na modernidade, essa atitude centrou-se exclusivamente no s aspectos biofísicos dispensando o essencial: a doença é principalmente causada por um modo de vida desarmônico e desapaixonado. São de Hipócrates as afirmações: Quem não ama adoece. Quem se afasta de sua verdade está condenado a padecer. Para o pensamento arcaico o conceito de doença pode ser resumido na palavra “Apathos” - que significa estar desapaixonado da vida. Isso porque “Pathos” tinha originalmente o significado de “paixão” (não no sentido vulgar de hoje, mas no de estar atraído pela vida).

começar a ouvir amostra Adicionar a lista de desejos

Ouça também em Ciências Humanas