O Homem Despedaçado

O Homem Despedaçado

Gustavo Melo Czekster - Dublinense

sinopse

Conjunto de narrativas que se aproximam de vertentes borgianas, como o mergulho nos labirintos, a recorrência a mundos inventados, os paradoxos e os inventários do absurdo. Uma experiência radical de subjetividade do autor, que não recua ante imersões filosóficas, nas quais é possível identificar a presença de Nietzsche e Schopenhauer.

ler amostra agora Adicionar a lista de desejos

Leia também em Contos e Crônicas