Escorpiões As primícias da Morte

Escorpiões As primícias da Morte

Eliel Roshveder - Bibliomundi

sinopse

Assim como Adonai tem seus escolhidos o inferno também tem os seus e eles são usados para semear o caos e a morte no planeta, esperando o governo global do Anticristo, ou melhor, abrindo o caminho da morte sobre a terra. Estes seres são chamados de escorpiões, pois o escorpião é o símbolo do inferno, símbolo do fogo. Dizem que o escorpião quando cercado pelo fogo usam a cauda para picar o próprio corpo e morrem envenenado para não serem queimados pelo fogo e por isso mesmo são um símbolo do fogo para o paganismo antigo, pois são aquele que não morrem no fogo. Eu não sei se isso é verdade, os biólogos é que podem confirmar ou desmentir, eu só sei que em todas as culturas antigas o escorpião é um símbolo do fogo, um símbolo do inferno. Na terra os escorpiões são híbridos de humanos e reptilianos incubados no corpo de uma humana na engenharia Grey. Os Greys abduzem a pessoa e o híbrido é inserido no útero de uma humana nascendo a criatura do caos. A mãe desta criança assim como a de Yeshua é humana, o óvulo é humano, já o sémen assim como o de Yeshua era do espírito divino dos escorpiões é de um reptiliano para controlar Yeshua. Assim a fera do caos é gerada no útero de uma humana e quando cresce desenvolve poderes sobrenaturais. Então surge o mito da escuridão, a lenda do abismo toma forma e começa a habitar o mundo dos vivos. O Cavalo Amarelo do Apocalipse é o selo que vai liberar estas feras na terra, mas hoje eles já agem nos bastidores dos governantes ocultos do mundo.

assinar agora

Leia também em Ficção