As Equipes Diretivas Escolares e o Atendimento Educacional Especializado: Interlocuções Possíveis

As Equipes Diretivas Escolares e o Atendimento Educacional Especializado: Interlocuções Possíveis

Neusa Denise Marques de Oliveira - Editora Appris

sinopse

O livro que estudantes, pesquisadores e profissionais da educação têm em mãos – As equipes diretivas escolares e o Atendimento Educacional Especializado: interlocuções possíveis – buscou apresentar e refletir sobre as seguintes questões: 1) O que pensam as equipes diretivas escolares sobre o serviço do AEE (Atendimento Educacional Especializado) e sobre o público-alvo da Educação Especial (EE)? 2) Qual a compreensão que as equipes diretizvas escolares têm sobre o trabalho do professor de AEE? 3) Quais são os procedimentos que têm sido adotados pelas equipes diretivas escolares para viabilizar o atendimento educacional especializado? O leitor encontrará nesta obra discussões e reflexões sobre o papel da equipe diretiva em relação ao atendimento educacional especializado. A obra apresenta ainda algumas reflexões sobre a importância de se promover na escola, espaços e tempos de escuta, diálogo, estudos, trocas de experiências e aprofundamento teórico sobre as áreas da Educação e da Educação Especial, procurando despertar o entendimento sobre a relação intrínseca existente entre educação geral e educação especial. A obra destina-se a estudantes, pesquisadores e a todos os profissionais da educação pelas discussões e reflexões que apresenta. Sabe-se que o número de matrículas de estudantes público-alvo da Educação Especial tem aumentado nas escolas. Acredita-se que o aumento da presença desses estudantes em sala de aula pode impulsionar as equipes diretivas e estas, por sua vez, os demais profissionais da educação em direção à busca por um aprofundamento teórico que os auxiliem a compreender melhor as singularidades de cada estudante. As equipes diretivas possuem um papel de referência na escola, na organização e implementação do serviço de AEE e demais ações. E, a partir desse entendimento, as equipes diretivas escolares, juntamente aos demais profissionais da educação que atuam na escola, podem repensar o seu fazer pedagógico, contemplando, em sua proposta pedagógica, espaços e tempos concretos de formação, com o intuito de assegurar a todos os estudantes o direito de aprender.

189 páginas

Acessar agora

Leia também em Estudos e Concursos