As Escolas Normais em Santa Catarina no Período de 1932 a 1961: O Caso de Mafra

As Escolas Normais em Santa Catarina no Período de 1932 a 1961: O Caso de Mafra

Eliane Nilsen Konkel - Editora Appris

sinopse

O livro as Escolas Normais em Santa Catarina no período de 1932 a 1961: o caso de Mafra convida o leitor a enveredar pelos caminhos percorridos das escolas normais que marcaram, na trajetória da educação, a formação docente para o ensino primário. A instrução primária tornou-se necessária como um dos meios para a superação dos problemas sociais no decorrer da evolução da sociedade moderna. Decorrente dessa necessidade, a criação das Escolas Normais ocorreu de maneira diferente de acordo com os contextos políticos, econômicos e sociais de seu tempo. Esta obra apresenta um estudo aprofundado sobre essas instituições, organizadas pela iniciativa pública e privada. Com um amplo resgate dos contextos que envolveram as escolas normais desde suas origens, o estudo mobiliza um referencial abundante que pode servir de base para aprofundamento do tema, em estudos que vierem a ser realizados. O estudo que possibilitou esta obra focaliza-se regionalmente e é cuidadosamente nuançado com a história da educação num sentido amplo, tornando-se fundamental para a compreensão da educação brasileira. A interação com o passado possibilitou a formatação de novos sentidos à narrativa histórica do processo de criação das Escolas Normais de Mafra. Trata-se de uma fonte de pesquisa indispensável para todos os interessados em conhecer e pensar a história da educação mafrense.

281 páginas

Acessar agora

Leia também em Estudos e Concursos