AS TORRES DAS TRÊS VIRTUDES

AS TORRES DAS TRÊS VIRTUDES

Reinaldo Souza - bibliomundi

sinopse

No início dos anos trinta, a região do Meio-Oeste de Santa Catarina, região Sul do Brasil, era constituída por grandes propriedades rurais, cujos fazendeiros se dedicavam à criação de gado e ao cultivo de cereais, em razão da fertilidade do solo. Os grandes proprietários de terras tinham seu próprio código de leis e aplicavam a justiça em seus territórios, face à total ausência do poder público.Em As Torres das Três Virtudes, contamos a história de uma dessas famílias, proprietária de grandes terras, cujo único herdeiro, por vontade da mãe, ingressa num seminário e passa a viver um grande conflito, pois não estava preparado para suportar os sacrifícios impostos aos candidatos ao sacerdócio.Júlio César, o nosso herói, é uma mente brilhante, uma inteligência privilegiada, que entra em choque com seus educadores, no seminário, a maioria de nacionalidade alemã, em cuja instituição reina uma disciplina férrea, com todos voltados para a oração, o estudo e o trabalho, enquanto na fazenda do pai imperam o crime e a devassidão. O jovem encontra no estudo e nos livros uma válvula de escape para as contradições de sua vida, alcançando um nível cultural bem além de seus companheiros de seminário. Torna-se, por isso mesmo, um espírito independente e contestador, dominado pelo orgulho e pela vaidade, até o dia em que entra em sua vida uma jovem, que o faz repensar todo o seu passado, além de trágicos acontecimentos que se sucedem em sua família. Embora seja uma obra de ficção, o autor de As Torres das Três Virtudes traz neste livro um pouco de suas experiências vividas no Seminário Seráfico São Luís de Tolosa, cenário de grande parte da ação aqui relatada. Trocou os nomes de alguns personagens, mas descreve fatos reais e situações existentes naqueles longínquos anos quarenta. Temperou a narrativa com um pouco de sonho e ficção.

296 páginas

Acessar agora

Leia também em Ficção