Brasil em Transe

Brasil em Transe

Luis Felipe Miguel, Ana Flauzina, Esther Solano Galego, Tatiana Vargas Maria, Fabricio Portin, Alvaro Bianchi, Túlio Custódio, Rosana Machado, Adriano de Freixo e Debora Messenberg Guimarães - Oficina Raquel

sinopse

Nesta obra coletiva, organizada pela antropóloga Rosana Pinheiro-Machado e pelo historiador Adriano de Freixo, o bolsonarismo é entendido como um fenômeno político que transcende a própria figura de Jair Bolsonaro e que se caracteriza por uma visão de mundo ultraconservadora, que prega o retorno aos 'valores tradicionais' e assume uma retórica nacionalista e 'patriótica', sendo profundamente crítica a tudo aquilo que esteja minimamente identificado com a esquerda e o progressismo. Tal visão ganhou bastante força nesta última década em várias partes do mundo, se alimentando da crise da representação e da descrença generalizada na política e nos partidos tradicionais. No Brasil, ela iria encontrar a sua personificação no ex-capitão e em seu estilo de fazer política, calcado na lógica do 'contra tudo que está aí', apesar de ele mesmo ser parte do establishment político desde 1988, quando disputou e venceu sua primeira eleição. Assim, os capítulos deste livro, longe de qualquer tom panfletário, apresentam possibilidades de análise para o momento presente, produzidas no calor dos acontecimentos, buscando compreender o que há de original nesse processo de radicalização política conservadora e o que o conecta à nossa história permeada de autoritarismos e resistências.

164 páginas

Acessar agora

Leia também em Economia