Crítica da faculdade de julgar

Crítica da faculdade de julgar

Immanuel Kant - Editora Vozes

sinopse

A faculdade de julgar pode ser considerada ou como mera faculdade de refletir segundo um certo princípio sobre uma dada representação, com vistas a um conceito assim tornado possível, ou como uma faculdade de determinar, através de uma dada representação empírica, um conceito que serve de fundamento. No primeiro caso ela é a faculdade de julgar reflexionante; no segundo, é adeterminante.

392 páginas

Acessar agora

Leia também em Filosofia