Culturas infantis e desigualdades sociais

Culturas infantis e desigualdades sociais

Deise Arenhart - Editora Vozes

sinopse

As pesquisas que tomam as culturas infantis como objeto, em sua maioria, têm tratado as crianças ignorando as marcas de suas origens sociais. Na pesquisa que deu origem ao presente livro, a autora realiza estudo com dois grupos de crianças que vivem em zonas próximas na cidade do Rio de Janeiro: um em uma favela, que frequenta escolas públicas em sua comunidade, e outro de filhos de camadas médias/altas intelectualizadas, que frequenta escola privada e tem como arquitetura um castelo. O olhar da autora se movimenta entre a infância da favela e do castelo, buscando marcas nas expressões culturais das crianças (nas quais destaca a brincadeira e as relações com o corpo) que aproximam e afastam esses dois mundos.

208 páginas

Acessar agora

Leia também em Estudos e Concursos