Dhammapada

Dhammapada

Anônimo - Bibliomundi

sinopse

"O Dhammapada (em páli, Caminho [pada] do Darma [Dhamma]) é o texto budista mais lido e traduzido no mundo, em parte pela qualidade de seus ensinamentos, em parte por ser o texto budista mais acessível ao público leigo – servindo, efetivamente, como uma “introdução ao budismo”. Segundo a tradição, ele teria sido composto pelas anotações dos discípulos que chegaram a conviver com o Buda. Ou seja, se trata do que nos foi ditado pelo próprio Buda.<br /> <br /> Monges budistas da vertente teravada registraram o Cânone Páli algumas centenas de anos após a morte do Buda. O Dhammapada é uma parte do Sutta Pitaka, que por sua vez é uma parte do Cânone Páli. Trata-se de uma coleção de 423 versos que nos demonstram como viver uma vida que conduza à iluminação. Quem consegue viver uma vida neste caminho, segue o seu Darma.<br /> <br /> ***<br /> <br /> Nesta tradução da versão inglesa clássica de Friedrich Max Müller, Rafael Arrais se vale da sua experiência com as traduções de outros textos sagrados, como o ""Bhagavad Gita"", o ""Tao Te Ching"" de Lao Tse e o ""Gitanjali"" de Tagore, para nos trazer uma versão moderna, profunda e acessível da antiga sabedoria do Buda.<br /> <br /> ***<br /> <br /> [número de páginas]<br /> Equivalente a aproximadamente 86 págs. de um livro impresso (tamanho A5).<br /> <br /> [sumário, com índice ativo]<br /> - Prefácio<br /> - Sobre a tradução<br /> - Capítulo I – Os versos gêmeos<br /> - Capítulo II – Da reflexão<br /> - Capítulo III – O pensamento<br /> - Capítulo IV – As flores<br /> - Capítulo V – O tolo<br /> - Capítulo VI – O sábio<br /> - Capítulo VII – Os veneráveis (Arhats)<br /> - Capítulo VIII – Os milhares<br /> - Capítulo IX – O mal<br /> - Capítulo X – A violência<br /> - Capítulo XI – A velhice<br /> - Capítulo XII – O eu<br /> - Capítulo XIII – O mundo<br /> - Capítulo XIV – O Buda<br /> - Capítulo XV – A felicidade<br /> - Capítulo XVI – O prazer<br /> - Capítulo XVII – A raiva<br /> - Capítulo XVIII – A impureza<br /> - Capítulo XIX – O justo<br /> - Capítulo XX – O caminho<br /> - Capítulo XXI – Vários<br /> - Capítulo XXII – O estado de aflição<br /> - Capítulo XXIII – O elefante<br /> - Capítulo XXIV – O anseio<br /> - Capítulo XXV – O monge<br /> - Capítulo XXVI – O santo<br /> - Notas<br /> - Epílogo: O reino de Asoka<br /> <br/> <b>[ uma edição Textos para Reflexão distribuída em parceria com a Bibliomundi - saiba mais em raph.com.br/tpr ]</b>"

Acessar agora

Leia também em Religião