Dicionário histórico de conceitos jurídico-econômicos

Dicionário histórico de conceitos jurídico-econômicos

José Reinaldo de Lima Lopes, Andréa Slemian e Bruno Aidar - Alameda Casa Editorial

sinopse

Partindo de um diálogo entre pesquisadores principalmente da história do direito e da história econômica, o Dicionário histórico de conceitos jurídico-econômicos: Brasil (séculos XVIII-XIX) busca realizar uma análise histórica dos principais conceitos e formas de regulação da economia no Brasil entre meados do século XVIII até o final do século XIX, problematizando a importância da construção conceitual e institucional da economia de mercado no largo período do final da colônia ao início da re - pública. Os temas de pesquisa apontam as principais instituições que tiveram um papel fundamental na expressão ou formulação de regras para a vida econômica, seus vários significados e espaços produtores de disputas. Os temas foram escolhidos a partir de matérias e questões reconhecidas na história econômica e jurídica do Brasil, tais como a questão do trabalho escravo e livre, a posse e a propriedade da terra, os contratos e as sociedades mercantis, os negociantes, a administração fazendária, os tribunais, as praças mercantis e juntas de comércio. Também foram tratados novos objetos de pesquisa histórica ainda pouco explorados, como a questão das heranças e sucessões, a implantação do sistema métrico, a letra de câmbio, o orçamento e o ensino do direito e da economia. A obra destina-se a historiadores, juristas e economistas, bem como ao público geral interessado nestes temas.

518 páginas

Acessar agora

Leia também em História e Geografia