Mídia-Educação Física: Outros Olhares sobre a Cultura Corporal

Mídia-Educação Física: Outros Olhares sobre a Cultura Corporal

Fábio Souza de Oliveira - Editora Appris

sinopse

O livro Mídia-Educação Física: outros olhares sobre a cultura corporal é um convite e um desafio ao enfrentamento de uma das maiores problemáticas da Educação Física escolar em tempos digitais: como as mídias podem influenciar a compreensão de estudantes da educação básica sobre os elementos da cultura corporal? A partir da tela de um smartphone, a juventude é apresentada aos esportes, jogos, lutas, danças e ginásticas, permeados por ideologias, valores e manipulações que distorcem ou empobrecem as representações desses estudantes sobre esse campo. O autor recusa a simples aceitação das tecnologias digitais por suas características, propondo elaborada discussão sobre os princípios que devem nortear a adesão às Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs) na Educação Física escolar. A obra perpassa questões relevantes como a necessária formação docente para o trato com as tecnologias, a didática na era digital e a infraestrutura que viabiliza propostas de ensino com suporte midiático. Utilizando linguagem clara, o escritor desenvolve, com habilidade, formas de tratar pedagogicamente os elementos da Educação Física na escola, identificando as possíveis representações edificadas a partir dos conteúdos midiáticos. A partir da constatação do smartphone como principal dispositivo de acesso aos conteúdos midiáticos, o livro aborda suas possibilidades e limitações, discutindo recursos como redes sociais virtuais e jogos eletrônicos, realidades ainda não adequadamente problematizadas pela Educação Física escolar. Finalmente, esta obra apresenta reflexões e estratégias para o ensino da Educação Física escolar com as tecnologias digitais, compreendendo a Mídia-Educação como olhar privilegiado que ultrapasse as fronteiras do uso instrumental das TDICs. Desenvolve formas de produzir conhecimentos em Educação Física com as tecnologias e mantém no horizonte a reflexão sobre os conteúdos midiáticos, desvelando possíveis interesses próprios da indústria cultural como pilar para a formação emancipatória.

183 páginas

Acessar agora

Leia também em Esportes e Exercícios