O imediatismo cego

O imediatismo cego

Deborah Reis - Chiado Brasil

sinopse

se o português me proibir ponho a culpa na escrita e mostro minha licença poética que me permite ser o universo, [inteiro mas o que quero é infringir a lei e modificar a norma culta para que eu e você possamos andar na rua rindo da verdade nua e crua que é ter uma licença sem ter que pedir por favor ou obrigada só, ir.

144 páginas

Acessar agora

Leia também em Relacionamentos