Protocolos para Diagnóstico de Doenças em Peixes

Protocolos para Diagnóstico de Doenças em Peixes

Eliane Carvalho, Thyssia Bomfim Araújo da Silva, Andrea Belem-Costa, Lorena Nacif-Marçal, Jescineide da Silva Soares e Ana Lúcia Silva Gomes - Editora Appris

sinopse

Resultado de anos de pesquisa e extensão na área de piscicultura, Protocolos para diagnóstico de doenças em peixes apresenta ferramentas para estudantes e pesquisadores da aquicultura que tenham interesse em explorar cientificamente patógenos como bactérias e parasitos que causam grandes perdas em ambientes de criação comercial de peixes. A aquicultura pode ser uma alavanca de desenvolvimento social e econômico ao promover o aproveitamento efetivo dos recursos naturais locais, a geração de renda e a criação de postos de trabalho e novos nichos econômicos (com a entrada de investimentos externos). Mas isso ainda não foi observado no Brasil, apesar da sua crescente produção aquícola. Quando comparamos a atenção e os cuidados dispensados aos animais domésticos como cães e gatos (pets) àqueles dirigidos aos animais aquáticos mantidos em cativeiro e produzidos para a alimentação humana, verificamos que a prevenção e o controle de doenças nestes últimos são praticamente inexistentes. Quando um organismo aquático é colocado em um meio artificial, tal como acontece na aquicultura, os parâmetros de qualidade da água mudam, e os patógenos podem colocar em risco a sobrevivência de todo o plantel. Portanto, é latente a necessidade de mais conhecimentos sobre o manejo adequado e sistêmico dos cultivos e principalmente sobre como encontrar, identificar e manejar esses organismos que causam doenças e perdas econômicas na criação de peixes.

103 páginas

Acessar agora

Leia também em Ciências Exatas