Razão e sensibilidade

Razão e sensibilidade

Jane Austen e Marcelo Barbão - Tricaju

sinopse

Adaptado diversas vezes para o cinema e a televisão, este clássico de Jane Austen explora com habilidade as muitas restrições sociais impostas às mulheres durante o século XIX, quando riqueza e status ditam o casamento. A autora sempre afirmou que todas as emoções humanas devem manter o decoro, que se traduz no controle das emoções por meio da prudência e da razão. Em Razão e sensibilidade, Jane Austen mostra que a paixão é instantânea, mas pode durar apenas um momento e ser abalada por qualquer dificuldade que venha a surgir. Já o amor nasce e é construído por meio da confiança, da dedicação e do companheirismo.

288 páginas

Acessar agora

Leia também em Ficção