Um pouco de ar, por favor

Um pouco de ar, por favor

Petê Rissatti e George Orwell - Tricaju

sinopse

John Wain estava certo quando disse: ''O que torna este livro tão peculiarmente amargo é que, além de evocar os espectros gêmeos do totalitarismo e da pobreza sem trabalho, também declara a impossibilidade de 'manter a infância no amor por coisas como árvores, peixes, borboletas, porque postula um mundo em que essas coisas simplesmente não existem mais'.'' Com uma prosa incrível, George Orwell abre uma janela fascinante para a mostrar a ansiedade do pré-guerra experimentada por pessoas comuns na Inglaterra., como o protagonista George Bowling, que transmite seus pensamentos com grande honestidade e humor autodepreciativo.

256 páginas

Acessar agora

Leia também em Ficção